Passado

Queria dizer ao meu eu do passado que, para se amar alguém, antes não se pode odiar a si mesmo. Que, para o eu do presente continuar em frente, ele nunca deve se entregar. Nunca poderá ficar olhando a vida passar e não correr atrás do vazio que ela deixou.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A mente deseja aquilo que o corpo não poderá ter

Sonhos foram feitos para serem sonhados, pesadelos para serem vividos