Estou jogando a toalha
As vezes eu sinto vontade de tentar, de ser feliz novamente... Chego até a pensar que posso encontrar algo pra seguir em frente
Mas essa sensação sempre passa, e eu lembro que não mereço, que ainda estou vivo apenas por um único motivo
Cada vez mais esse motivo me parece menos importante, mais distante, e é nesses dias, como hoje, e eu tenho a certeza que devo desistir de tudo, amarrar uma corda e terminar tudo, como a única pessoa que me amou de verdade...
Mas não posso, não é? Tenho que continuar fingindo estar tudo bem e terminar essa tarefa auto imposta de cuidar da última pessoa importante pra mim... Isso significa que tenho que continuar todas as outras coisas frustantes que eu comecei nos momentos de esperança? Não, acho que não, e nada do que quem não me conhece de verdade resolva dizer vai me convencer do contrário

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A mente deseja aquilo que o corpo não poderá ter

Sonhos foram feitos para serem sonhados, pesadelos para serem vividos